Rios e Manguezais

 Alguns poucos rios têm relação direta com a Cidade de Tamandaré, entre eles estão: o rio Ilhetas / Mamucabas (ou Carro Quebrado), o Ariquindá e o Formoso. Associadas a esse cursos d'água podem ser encontradas extensas e bem conservadas áreas de manguezais, e praias fluviais cuja beleza é de tirar o fôlego. O serviço de abastecimento obtém águas em barragens no Córrego Saltinho, localizado no interior da Reserva Biológica do Saltinho, tributário do sistema fluvial Ilhetas / Mamucabas.
 

Foz do Mamucabinhas - Foto: J. Coimbra
Foz do Mamucabinhas  -  Na maré baixa, as areias fluvio marinhas da foz, no limite sul do município, aparecem formando bancos arenosos que permitem a travessia do rio, "quase" a pés enxutos. Entretanto é preciso cuidar da hora da maré para não ficar retido do outro lado do rio.


Foz do Mamucabinhas - Foto: J. Coimbra
Foz do Mamucabinhas  -  Desfrute de um agradável banho "quente" nas piscinas salobras que se formam na foz. Certamente será necessário, ajustar o seu conceito de paraíso. Em Tamandaré isso será muito frequente. Leve líquidos para rehidratar - se e proteção para os olhos e para a pele contra o sol.


Foz do Mamucabinhas - Foto: J. Coimbra
Foz do Mamucabinhas - No verão, período marcado pela rara ocorrência de chuvas, o mar ganha força, construindo uma barreira de sedimentos que represam as águas do rio, permanecendo, somente o fluxo subsuperficial por baixo da duna praial.


Manguezais - Foto: J. Coimbra Manguezais   -  Os manguezais da foz do Mamucabinhas, representam um espetáculo à parte. Por pertencerem a áreas de preservação permanente, encontram - se razoavelmente bem conservados, necessitando, entretanto de cuidados especiais no controle das visitas com embarcações, na exploração estrativista de crustáceos, ou nos aterramentos, a exemplo da foto.


Foz do Ariquindá - Foto: J. Coimbra
Foz do Ariquindá  -  Na parte fluvial da Praia dos Carneiros, encontramos o deslumbrante cenário da chegada das águas do Rio Ariquindá ao Rio Formoso.


Rio Ariquindá - Foto: M. Serpa
Rio Ariquindá  -  Ao entardecer, o sol se encaminha para o horizonte, lançando sombras na margem esquerda do rio, carregando o cenário de uma atmosfera de segredo e tranquilidade.


Rio Ariquindá - Foto: M. Serpa
Rio Ariquindá  -  Os manguezais, aparecem aqui, pouco afetados pela presença humana, preservando as condições necessárias à reprodução de peixes, camarões, ostras, sururus e caranguejos.


Foz do Rio Formoso - Foto: M. Serpa
Foz do Rio Formoso - Importantes episódios da história da ocupação do território brasileiro, tiveram como cenário a foz do Rio Formoso. O tempo passou deixando como legado a beleza estonteante.


Rio Formoso - Foto: J. Coimbra
Rio Formoso - Do interflúvio entre o Formoso e o Ariquindá, é possível divisar o local do "o refúgio", onde portugueses e brasileiros se bateram contra holandeses, no ano de 1710, pelo controle do território.


Rio Formoso - Foto: J. Coimbra
Rio Formoso - O rio Formoso, também serviu como via de escoamento da produção açucareira, para o porto do Recife, ou para o porto de Tamandaré e daí diretamente para o exterior.